Cinco empresas autorizadas a cultivar canábis para fins medicinais

No passado dia 15 de Janeiro de 2020, a RTP noticiou que o Infarmed - Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde I.P, autorizou, até ao inicio deste ano, cinco empresas para o cultivo, importação e exportação da planta da canábis para utilização medicinal. A Pharegistrum, estando ativamente envolvida nesta área em ascensão, deu suporte técnico e regulamentar para a concessão de uma das autorizações mencionadas. Mais informações poderão ser consultadas no site da agência reguladora, na área destinada à Canábis para fins medicinais.